Epifania (B)

2021, REGRESSO AO FUTUROEPIFANIA B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente o Evangelho Mt 2, 1-12.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
O nascimento do Messias provoca reações diversas. Esperado por uns, indesejado por outros. Atrai magos do Oriente. Deixa indiferentes “doutos” conhecedores da Escritura. Amedronta o “poderoso” Herodes.

2. O que me diz Deus
- Imagino-me na comitiva dos magos. Atento ao que “vejo”, que sinto?
Mais que uma crónica, o evangelista Mateus quer provocar uma posição. A mensagem do relato é clara: Jesus veio para todos, mas nem todos estão disponíveis para O acolher. O que desperta em mim o nascimento de Cristo? Estou atento aos sinais e busco a verdade, como os magos? Descanso sobre a “certeza” de pertencer ao grupo dos que “sabem” e “são” próximos de Cristo? Ou a “demasiada” proximidade de Deus incomoda as minhas aspirações pessoais? Serei o único “rei” da minha existência ou deixarei crescer Deus, ainda menino, em mim?

3. O que digo a Deus
- Partindo do que senti, dirijo-me a Deus, orando (de preferência com palavras minhas).
Senhor, como os magos, chamas-me a “visitar-Te” no presépio que estabeleceste em mim. Não me deixes acomodado a meio-caminho. Dá-me um coração puro, capaz de ver a tua estrela no meu quotidiano. Concede-me o desejo de segui-la.
Continuamente, esperas que Te descubra. E em Ti, me reencontro. Liberta-me, pois, da ilusão dourada da grandeza própria. Queima o incenso da minha vanglória. Cura a mirrada necessidade de ocupar o centro de tudo.
Sobretudo, comece eu este 2021 com esperança renovada. Aprenda de Ti a enfrentar os desafios, presentes e futuros, aliando prudência e confiança. Se arriscas habitar em mim, tenha eu coragem para amar sempre e a todos. Por Te ter encontrado, trilharei um caminho diferente, de regresso à minha realidade.

4. O que a Palavra faz em mim
- Contemplo Deus, saboreando e agradecendo.
Senhor, és Tu que me guias de regresso aos desafios do dia-a-dia. Não seguirei igual, pois encontrar-Te é transformar-me. ConTigo, nada temo. Por isso, rejubilo, grato. Louvo, confiante. Contemplo, sereno.
Inspira-me o que esperas e mereces de mim. Apoiado em Ti, comprometo-me em algo oportuno e alcançável, crescendo na minha relação diária conTigo e com os outros.

PROVOCAÇÕES
- Sou capaz de reconhecer os sinais de Deus no meu quotidiano?
- A Palavra de Deus inspira-me caminhos novos a percorrer?
- Agradeci a Deus as lições de 2020 e o Novo Ano que me é dado?
- Mais que esperar, que darei de mim a 2021?

UM PENSAMENTO
“Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade. (Miguel torga)

UM DESAFIO
Pedir ao Espírito Santo a graça de ousar caminhos novos, iluminados pela fé e esperança.

UMA ORAÇÃO-POEMA

Por onde me encaminhas, Deus andante?
Sonhar aventuras não fere tanto
quanto avançar e tropeçar.
Até onde me levarás, se Te seguir?
Que perderei de mim se me cansar?

Porém, onde chegarei com certezas,
se são interrogações minhas
a despertarem-me para as estrelas!?
Onde me carregarão os temores,
se são a fé e a esperança
a impelirem-me além muros!?

Do berço à cruz, palmeaste caminho
sem outra bolsa que dar-Te, destemido.
Tendo por mapa o amor, seguiste
e por báculo a humildade, serviste.
Aprendiz de Ti, abraço este Ano Novo.

UMA CANÇÃO
Third Day – Revelation