IV Domingo Comum (A)

IMAGEM DE UM DEUS… FELIZ4 COMUM C

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mt 5,1-12.
- Sublinho e anoto o mais significativo.

Seguido por multidões, Jesus sobe a um monte e senta-se, como quem ensina. Aí profere o “Sermão da Montanha”, principiando com as Bem-Aventuranças.

2. O que me diz Deus
- Que pensamentos e sentimentos despertam em mim neste episódio?
Jesus veio anunciar a todos homens e mulheres o caminho da felicidade. Não uma felicidade fácil, nem barata. Aquela que Ele propõe, a contracorrente das expectativas humanas, não depende das circunstâncias favoráveis. É, antes, uma atitude, em jeito de resposta às situações, sobretudo quando estas são adversas. É uma felicidade para todos e não apenas para alguns, mais afortunados. Ela não é um fim, mas uma consequência de escolhas de vida. É, também, sinal da minha pertença a Deus, à sua imagem.

3. O que digo a Deus
- Partindo do que senti, dirijo-me a Deus, orando (de preferência com palavras minhas).
Senhor, a felicidade que sonhas para mim não é a mesma que o mundo publicita. Não me vês acomodado, estagnado num presumível bem-estar. Antes, me vês a caminho, vivo e lutador, por algo que brilhe desde dentro e jamais se apague. Não apenas por fora e por um tempo. Faz-me desejar essa felicidade!
Não bendizes a pobreza, a tristeza ou qualquer injustiça. Declaras, sim, felizes os que não se resignam, os que se despojam de si a favor dos outros, os que, convictamente, lutam pela paz e justiça… como Tu. As Bem-aventuranças são o coração do teu Evangelho. E não há outra maneira de Te seguir, e de Te imitar. Desafia-me!
Não queres que viva só de promessas futuras. Pelo contrário, esperas ver em mim sinais do teu Reino, já presente, efetivo e eficaz, em gestos, palavras e atitudes. Para isso, não me posso perder em falsos brilhos, indo atrás de ilusões estéreis. Guia-me!

4. O que a Palavra faz em mim
- Contemplo Deus, saboreando e agradecendo.
Senhor, em Ti revejo cada uma das Bem-aventuranças. Contemplo-Te, adoro e louvo, na esperança de me tornar imagem tua.
Inspira-me o que esperas e mereces de mim. Apoiado em Ti, comprometo-me em algo oportuno e alcançável, crescendo na minha relação diária conTigo e com os outros.

PROVOCAÇÕES
- O que considero como felicidade? Coincido com Jesus?
- Qual a Bem-Aventurança que mais e melhor vivo?
- E qual preciso trabalhar mais em mim?

UM PENSAMENTO
“Felicidade é um dos nomes de Deus.” (Ermes Ronchi)

UM DESAFIO
Pedir ao Espírito Santo a graça de viver a felicidade em Deus.

UMA ORAÇÃO-POEMA

Bem-aventurado
aquele que crê seu hoje
semente de amanhã,
com lágrimas regado
e de desejo adubado
por mendicantes mãos
em suplicante coração.
Abundante colheita
conTigo haverá.

Bem-aventurado
aquele que habita a mudança
sem mordaça nem vergonha.
Pois meu ser tem tamanho
de fé e esperança,
juntas amassadas,
e repartidas em suor e calor,
fontes de um Reino
já existindo.

UMA CANÇÃO
We Are Messengers – Image of God

  • Visualizações: 735