Eduardo Abrantes defendeu dissertação sobre Iconografia e simbolismos de Nossa Senhora

O Eduardo Abrantes, estagiário da Diocese de Viseu, para concluir a sua formação académica, defendeu a sua tese no passado dia 11 de outubro de 2023, na Universidade Católica de Braga, com o título ICONOGRAFIA E SÍMBOLISMOS DE NOSSA SENHORA. Uma leitura da arte a partir da Escritura, da Tradição, do Magistério e da Liturgia da Igreja, que teve como orientador o Cónego José Paulo Abreu. O tema é pertinente e interessante. De fato, falar de Maria no contexto teológico é importante para esclarecer os leitores sobre quem é Maria nas nossas vidas.

Neste dia, fizeram-se presentes os pais do Eduardo, da paróquia de Cunha Baixa-Mangualde, o seu Pároco, Pe. Paulo Domingues, e o vigário paroquial Pe. João Martins. Também compareceram os padres José Bento e Cristovão Cunha, comunidade de presbíteros que acolhe o Eduardo no atual estágio pastoral em Arões. Acompanharam o Eduardo nesta ocasião os elementos da comundiade do Seminário Interdiocesano de São José e os companhaieros de caminhada para o presbiterado.

A defesa deste trabalho obteve bons êxitos, sendo-lhe atribuída a classificação de 16 valores.

  • Visualizações: 898