X Domingo Comum (B)

QUEM SAI AO SEU…DEUS9 COMUM BB

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 3,20-35.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
A atuação de Jesus provoca a incompreensão de familiares que O julgam “fora de si” e a hostilidade de escribas que O acusam de estar possesso. Negar Jesus é recusar Deus. Segui-l’O é aparentar-se com Ele.

Continuar a ler

  • Visualizações: 417

IX Domingo Comum (B)

SENHOR DOS DIAS9 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 2,23 – 3,6.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Os discípulos, acusados de transgredirem a lei do sábado, são defendidos por Jesus. Ele afirma-se Senhor do sábado. Este não deve ser vivido como peso, mas como bênção.

Continuar a ler

  • Visualizações: 630

Etapa da Configuração II visita o Mosteiro de São Bento de Singeverga

 conf2 singeverga 3

No passado dia 27 de maio, os seminaristas da Configuração II, acompanhados pelo seu formador, Pe. António Jorge, visitaram o Mosteiro de São Bento de Singeverga, da ordem religiosa beneditina, situado na freguesia de Roriz, município de Santo Tirso, distrito do Porto. Estes estiveram com o Dom Abade Bernardino Costa e o Monge Prior Luís Aranha.

Continuar a ler

  • Visualizações: 512

Domingo da Santíssima Trindade (B)

DEUS COMO ABRAÇOSANTISSIMA TRINDADE BB

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mt 28, 16-20.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Jesus convoca os discípulos para a Galileia e comunica-lhes sua autoridade e missão. Omite-se a despedida e ascensão, sublinhando-se a promessa que Jesus seguirá junto deles.

Continuar a ler

  • Visualizações: 453

Domingo de Pentecostes (B)

O FIEL MENTOR8 PENTECOSTES BB

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Jo 15,26-27; 16,12-15.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Jesus apresenta o Espírito Santo que, após a ressurreição, elucidará os apóstolos sobre o sentido profundo da sua missão. Ele será o “Paráclito” da Igreja, isto é, seu defensor, consolador e intérprete.

Continuar a ler

  • Visualizações: 611

Domingo da Ascensão

DISCÍPULO, PROCURA-SE7 ASCENSAO BB

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 16,15-20.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
No momento da sua Ascensão, Jesus confia aos discípulos a universalidade do anúncio da Boa Nova. Mas não os deixa sós: sua nova presença revela-se nos sinais que acompanham a evangelização.

Continuar a ler

  • Visualizações: 736

Mais artigos...